José de Moura Resende Filho (São Paulo, São Paulo, 1945). Escultor. Cursa gravura na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), em 1963. No mesmo ano, ingressa na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie. Começa a estudar desenho com Wesley Duke Lee (1931-2010). Em 1964, faz estágio no escritório do arquiteto Paulo Mendes da Rocha (1928). Em 1966, funda, com Wesley Duke Lee, Nelson Leirner (1932)Geraldo de Barros (1923-1998), Frederico Nasser (1945) e Carlos Fajardo (1941) o Grupo Rex. Forma-se em arquitetura e é um dos fundadores da Escola Brasil:, juntamente com Luiz Paulo Baravelli (1942), Frederico Nasser e Carlos Fajardo. Na década de 1970, é professor do Instituto de Artes e Decoração da Faculdade de Comunicação e Arte da Universidade Mackenzie, e do Departamento de Escultura da Faculdade de Artes Plásticas da Faap. Em 1975, é co-editor da revista Malasartes, na qual publica artigos. Entre 1976 e 1986, é professor titular de Linguagem Arquitetônica e chefe de departamento na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Entre 1984 e 1985, reside em Nova York como bolsista da Fundação John Simon Guggenheim. Em seus trabalhos, explora as potencialidades expressivas dos materiais empregados, revelando o diálogo com a arte povera e com o pós-minimalismo norte-americano. Trabalha com uma diversidade de materiais como pedras, tubos de cobre, lâminas de chumbo, cabos de aço, chapas e ampolas de vidro. Emprega ainda líquidos como o mercúrio, água e tinta sépia. Em obras mais recentes, usa também o couro e a parafina.